Pular para o conteúdo principal

[Brothers Conflict] "Boku wa kimi de, ore wa, omae de"

Tsubaki &Azusa: Ah! – Gritando em desespero
(Alguém chega correndo. É Yusuke).
Yusuke: Tsuba-nii, Azu-nii. O que aconteceu? Por que gritaram há pouco?
Kaname: Yu-chan se assustou muito porque o surpreenderam com esse grito.
Yusuke (indignado): O que você quer dizer com “se assustou”?
Kaname (calmo): Surpreso por sons fortes. Parece que tenho trabalho para fazer.
Yusuke (alterado): O que quer dizer com “trabalho”? Já chega! Pare de acariciar a minha cabeça!
Rui/Louis: Mais importante do que isso.... Aconteceu algo com vocês há pouco?
Yusuke: “Mais importante”
Kaname: Ah, certo. O que aconteceu?
Tsubaki: Acho que é impossível que vocês acreditem em nós, mas, escutem-nos e tentem não enlouquecer. A verdade nem eu mesmo entendo.
Kaname, Rui/Louis e Yusuke (estranhando a fala de Tsubaki): Eu? (boku?)
Yusuke: Tsuba-nii, não acha que está falando de uma maneira um pouco estranha?
Rui/Louis: Hum...  De alguma forma parecia que Azusa-nii-san estava falando...
Tsubaki: Isso é porque eu sou... Azusa.
Kaname: Hã?
Yusuke: O que você está dizendo?
Rui/Louis: Então, se você é Azusa, quem é ele?
Azusa: Eu sou Tsubaki (referindo-se a si mesmo como “ore”)
Kaname: Como assim?
Yusuke: Tsuba-nii é Azu nii, e...
Rui/Louis: Azusa-nii-san é Tsubaki-nii-san?
Azusa: Por isso que lhe dizemos. Para resumir, parece que Azusa e eu trocamos de corpo.
Kaname, Rui/Louis e Yusuke – sem entender nada: Hã???

Azusa e Tsubaki: Brothers Conflict: Boku ga kimi de, ore ga omae de!
Brothers Conflict: Você sou eu, e eu sou você!

(...)

Kaname: Então, eu vou fazer café. Alguém quer?
Yusuke e Rui/Louis: Sim!
Kaname: Entendido. Vocês dois, certo?
Azusa: Hey! Como pode ignorar isso? Isso não te parece sério?
Yusuke: E quem acreditaria nisso? Para começar, parece que vocês querem nos enganar.
Kaname: É mesmo! Parece que eles têm muito tempo livre, para fazerem uma brincadeira sem graça dessas com a gente. Mas, não cairemos nessa!
Tsubaki: Ah, não estou surpreso com essa reação de vocês. Afinal de contas, depois de tudo, sou eu quem estou dizendo.
Azusa (se passando por Tsubaki): Mesmo eu digo ou não, eles podem nos ajudar a pensar em algo, não é, Azusa? ~ Gyu!
Tsubaki (se passando por Azusa): Tsubaki, você está levando isso de forma leviana, certo?
Yusuke (surpreso): Azu-nii está abraçando Tsuba-nii. Não pode ser!
Rui/Louis: Isso me faz lembrar que ontem Yusuke-kun e eu estávamos vendo um programa na TV. Era algo desse tipo, certo? Era na América ou na África, era uma história em que dois irmãos trocavam de corpo.
Azusa: América? África? Qual dos dois?
Kaname: Tanto faz qual seja!
Yusuke: Mas isso era apenas um programa de TV. Essas coisas não acontecem na vida real.
Azusa: Mas essa é a vida real. E está acontecendo isso.
Yusuke: Sério?
Tsubaki e Azusa: Sim, é sério.
Yusuke: O que é isso? Para começar, como isso aconteceu?
Azusa (se passando por Tsubaki): Não tem como eu saber.
Yusuke: Falando essas coisas com a aparência do Azu-nii.... É muito estranho!
Azusa (se passando por Tsubaki). Oh, sim! Acabo de me dar conta de algo incrível!
Rui/Louis: O que é?
Azusa (se passando por Tsubaki): Azusa agora pode dizer tudo o que eu quero escutar, e vou poder escutar isso quando eu quiser!
Kaname: Ah! Que cara feia!
Tsubaki (se passando por Azusa): Espere, Tsubaki. Se continuar falando dessa maneira, e fazendo esse tipo de expressões com a minha cara, descobrirei o teu corpo e te levarei até a estação.
Yusuke: Com esse tipo de ameaça e essa expressão calma, deve ser realmente o Azu-nii.
Tsubaki (se passando por Azusa): Yusuke, é isso que você pensa de mim?
Yusuke (sem jeito): Ah, não...
Kaname: Ah, bem...
Rui/Louis: Kaname nii-san, aonde você vai?
Kaname: Vou preparar café.
Yusuke: Em um momento como este?!
Kaname: Por isso mesmo! Em um momento como este, o café me faz relaxar e me ajuda a pensar com clareza.
Yusuke: Sobre o quê?
Kaname: Não é óbvio? Tsuba-chan e A-chan precisam de ajuda para voltarem ao normal.
Azusa (se passando por Tsubaki): Então, eu vou querer cappuccino! Com xarope de avelãs!
Tsubaki (se passando por Azusa): Você não está nem um pouco preocupado com essa situação, certo?

(...)

Kaname: Pronto, aqui está! – Servindo o café.
Azusa (se passando por Tsubaki): Ah, o latte do Azusa parece delicioso! Me dê um pouco!
Tsubaki (se passando por Azusa): Apesar de que eu ainda nem experimentei...
Azusa (se passando por Tsubaki): Tudo bem, eu provo no seu lugar! Hum.... Delicioso!
Yusuke: É incrível!
Rui/Louis: O que aconteceu?

(Yusuke começa a grunhir, nervoso).

Yusuke: Escutá-los falar como eles mesmos, mas em corpos e vozes diferentes é irritante! Andem logo e voltem à normalidade!
Kaname (calmo): Tudo bem, tudo bem. Mas isso não te dá motivo para enlouquecer desse jeito. Tudo te irrita, certo?
Yusuke: O quê? Por que sempre acontecem essas coisas? Por que o Masa-nii está fora justo quando estas coisas acontecem?
Rui/Louis: Mesmo se houvesse um médico aqui, não acho que conseguiria resolver esse tipo de coisa.
Tsubaki (se passando por Azusa): Eu acreditaria em qualquer coisa que nos fizesse voltar ao normal.
Kaname: Então, por enquanto por que não tentamos rezar?
Tsubaki & Azusa: Recusado!
Kaname: Por quê?!
Azusa (se passando por Tsubaki): Não creio que isso vá funcionar, e Kana-nii nunca leva isso a sério.
Tsubaki (se passando por Azusa): .... E então, acabaria nos pedindo para fazer algo estranho e pervertido!
Kaname: Que cruéis! Eu faço-os lembrar que sou o mais popular no meu trabalho!
Tsubaki (se passando por Azusa): Dizer que você é o mais requisitado para o seu trabalho é o que agrava mais a mentira.
Kaname: Escutar você falar essas coisas.... Você pode até ter a cara e a voz do Tsuba-chan, mas no fundo é realmente A-chan.
Yusuke: Ah, que coisa! Continuar falando disso não vai ajudar em nada. Temos que tentar várias coisas para que eles voltem ao normal.

(...)

Kaname: Antes de tudo, precisamos saber como diabos isso aconteceu. Algo teve que acontecer primeiro.
Yusuke: É mesmo! O que vocês faziam antes disso acontecer?
Tsubaki (se passando por Azusa): Vejamos... Tsubaki estava fazendo besteiras, e então, saltou em minha direção sem dar aviso prévio. Em outras palavras, ele se aproximou de mim, e então.... Nos beijamos.
Kaname, Rui/Louis & Yusuke: Hã?!
Kaname: Vocês são muito próximos. Dá medo!
Azusa (se passando por Tsubaki): Na verdade, não foi um salto, foi mais como um pequeno rebote, mas eu descobri uma coisa: Os lábios de Azusa são suaves, e.…!
Tsubaki (se passando por Azusa): Tsu-ba-ki!
Rui/Louis: Já que se beijaram, porque não tentam fazer isso de novo para tentarem voltaram a normalidade?
Yusuke: Idi.... Isso.... Eles não podem simplesmente fazer isso sem ter sentimentos um pelo outro.
Azusa (se passando por Tsubaki): Hum hum, hum... – divertindo-se com a possibilidade.
Yusuke (indignado): Qual o motivo de tanta risada?!
Azusa (se passando por Tsubaki): Yusuke, é que você é tão inocente e ingênuo quando se trata de romance...
Tsubaki (se passando por Azusa): .... Mesmo tendo o Kana-nii como irmão, ainda continua sem entender.
Rui/Louis: Yusuke-kun é sempre desse jeito. Mas é algo que me agrada nele.
Yusuke: O que isso?! Vocês falam como se eu fosse um pirralho!
Kaname: E então, vão tentar?
Tsubaki & Azusa: Tentar o quê?
Kaname: Do que falamos, claro. Beijarem-se.
Azusa (se passando por Tsubaki): Vamos sim!
Tsubaki (se passando por Azusa): De maneira nenhuma!
Rui/Louis: Qual dos dois?
Azusa (se passando por Tsubaki): Pode ser que voltemos à normalidade, Azusa!
Tsubaki (se passando por Azusa): Tudo bem, mas em troca, Kana-nii, Rui/Louis & Yusuke, têm que olhar ao outro lado.
Kaname, Rui/Louis & Yusuke: Às ordens!
Yusuke: De qualquer forma, ambos são homens, e não é como se eu quisesse vê-los se beijarem ou algo do tipo.

(...)
Kaname: Yu-chan, você está nervoso?
Yusuke: Até parece!

(Assusta-se)

Yusuke: Ah!
Kaname: Ah, uma mensagem.
Yusuke: “Uma mensagem”. Assim, de repente, esse som me assustou!
Kaname: Quando se recebe uma mensagem sempre há esse tipo de sons, certo? Ah, é da imouto-chan! * (*Maneira como se refere à Ema, e significa “irmã mais nova” em japonês).
Tsubaki: Sério?!
Azusa: Eh?
Kaname: Vamos, Tsuba-chan, A-chan... Se beijem de uma vez!
Azusa: (se passando por Tsubaki): Te beijarei carinhosamente, está bem, Azusa.
Tsubaki (se passando por Azusa): Não seja idiota.

(...)
Yusuke: Já se beijaram? Fizeram isso mesmo?!
Kaname: Como foi?
Azusa: Eu continuo sendo Tsubaki.
Tsubaki: E eu continuo sendo Azusa.
Azusa: O que significa que não voltamos ao normal.
Tsubaki: Então, essa técnica não funciona conosco.
Azusa (se passando por Tsubaki): De certa forma, isso é ruim, mas você parece um pouco feliz por ter me beijado.
Tsubaki (se passando por Azusa): Claro que não!
Azusa (se passando por Tsubaki): Então como você explica seu rosto corado.
Kaname: Então, será que podemos terminar por aqui?
Yusuke: Próximo!
Rui/Louis: Deveríamos tentar com hipnose.
Azusa: E quem vai fazer isso?
Rui/Louis: Se seguirmos as instruções do livro, poderia funcionar.
Tsubaki: “Guia para hipnotismo. Qualquer um pode fazer isso”
Yusuke: Rui-nii, por que você tem esse tipo de livro?
Rui/Louis: Muito bem, vocês dois. Olhem atentamente para este pêndulo, por favor.
Kaname: Você tem um pêndulo?
Rui/Louis: Vocês vão ficar com sono, muito sono.
Azusa: Eu já estou hipnotizado?
Rui/Louis: Apenas concentre-se.
Azusa: Sim ~
Rui/Louis: Já se sentem sonolentos?
Azusa: Eh? Não.
Rui/Louis: E agora, vocês se sentem sonolentos?
Azusa: Nem um pouco.
Rui/Louis: Então, comecem a fechar seus olhos...
Tsubaki: Não é para observarmos o pêndulo?
Rui/Louis: Seu coração deve estar tranquilo.
Yusuke: Sério que isso vai funcionar com eles?
Kaname: Não sei
Rui/Louis: Comecem a ficar com sono.... Comecem a ficar com sono... Come...

(...)
Azusa: Rui?! (Louis)

(Louis ronca).

Kaname: Ru-chan.… dormiu!
Yusuke: Ele que estava hipnotizando e caiu no sono! Como isso foi acontecer?!
Kaname: Ru-chan, acorde!

(Louis acorda, zonzo).

Rui/Louis: Hã?! Onde estou? O que eu estava fazendo?
Yusuke: Hey, hey! Aguente firme, Rui-nii! E então, Tsuba-nii e Azu-nii voltaram a seus corpos?
Tsubaki & Azusa: De jeito nenhum!
Kaname: Ah.... Não que isso seja novidade
Yusuke: Por um momento chegamos a pensar que Rui-nii poderia ajudar.
Kaname: Muito bem, próximo!
Yusuke: A terapia de choque poderia funcionar. Talvez uma carga excessiva de dor os faça voltar aos seus corpos.
Azusa: Isso soa como um “jogo de castigo”.
Tsubaki: Muito bem, o próximo!
Rui/Louis: E se os dois se dão as mãos e dão voltas.
Tsubaki: Algo desse tipo nunca funcionaria!
Yusuke: Muito bem, próximo! Mas falando sério. O que vamos fazer?
Kaname: Há uma coisa que não tentamos e que poderia funcionar.
Yusuke (impaciente): Qual é?
Kaname: Nós colocamos o Tsuba-chan e o A-chan juntos.... E os atiramos desde lá do quinto piso!
Tsubaki & Azusa: Impossível, impossível, impossível!
Yusuke: O que há com vocês? Não sejam egoístas!
Tsubaki: Você chama de “egoísta”, mas eu só estou preservando a minha vida!
Yusuke (alterado): Céus! Bem quando a gente está ocupando nosso tempo livre para ajudar vocês! Ah, que seja! Eu estou com fome!
Rui/Louis: (Risadas) O Yusuke-kun se irrita muito facilmente. Mas eu também estou faminto.
Azusa: Então, parece que teremos que desistir, apesar de que eu não estou incomodado com a atual situação. É interessante.
Tsubaki: Sim, talvez se esperarmos, com o tempo voltaremos ao normal.
Kaname: Não, não podemos desistir. Ainda que suas faces sejam as mesmas... A-chan estando no corpo de Tsuba-chan e vice e versa... não podemos deixar como está, a imouto-chan poderia estar em perigo.
Yusuke: Claro! Temos que devolver Tsuba-nii e Azu-nii à normalidade não importa como! Certo, Rui-nii?
Rui/Louis: Sim, darei o melhor!
Azusa: Não precisa se esforçar.
Kaname: Já que terminamos de falar, Ru-chan, Yu-chan, peguem estes dois e me sigam.
Yusuke & Rui: Entendido!

(...)
(Tsubaki & Azusa protestam ao mesmo tempo)
Azusa: Esperem.... Parem com isso.... Deixem-me ir.
Tsubaki: Não tem como fazermos isso!

(...)
Azusa: Vocês estão de brincadeira, né?!
Tsubaki: Rui, você é um bom rapaz.... Deixe-me ir.
Rui/Louis (pensativo): Hum.... Não.
Kaname: Na hora que caírem pode doer um pouco, mas vão sobreviver
Azusa: Eu disse que é impossível!
Kaname: No três.
Yusuke: Nós vamos mesmo fazer isso?
Kaname: Claro que sim. Pelo bem dos dois e da imouto-chan temos que chegar a esse ponto.
Rui/Louis: Nossos corações ficaram repletos de maldade pelo bem de alguém.
Azusa: Sério! Isso é impossível!
Tsubaki: Kana-nii.... Nós vamos falar de novo...
Kaname: No três!
Tsubaki & Azusa: Nos desculpe, nós mentimos!

(...)
Yusuke: Hã?
Azusa: Na verdade...
Tsubaki: A troca de corpos....
Tsubaki & Azusa: ...Era mentira.
Rui/Louis: Então este tempo todo era encenação?
(Tsubaki dá risada.).
Yusuke: Não falem como se não fosse nada!
Tsubaki: Se você pensar, não tem como isso acontecer! Tonto, tonto!
Yusuke: Não aperte as minhas bochechas!
Rui/Louis: Mas por que fizeram isso?
Azusa: Desculpe.
Yusuke: O Azu-nii foi forçado pelo Tsuba-nii para fazer isso, certo?
Azusa: Não é isso. Na verdade, eu estou com problemas para interpretar um papel importante. Então, Tsubaki me ofereceu sua ajuda: “Que tal fingirmos trocar de corpos? ” Ele disse.
Tsubaki: Bem... A minha ideia era colocar à prova a nossa atuação. Se conseguimos enganar nossos irmãos que nos conhecem melhor, então podemos fazer isso com qualquer outra pessoa. Só queria ajudar o Azusa.
Azusa: Descobri algo novo sobre mim. Posso ir muito longe de verdade com a minha atuação. Honestamente, pode-se dizer que até eu mesmo me enganei.
Yusuke: O que é isso? Mas... Tsuba-nii, você me enganou.
Rui/Louis: A mim também! Eu realmente pensei que tivessem trocado de corpo! A atuação de vocês é incrível!
Azusa: Obrigado. Kana-nii descobriu, certo?
Kaname: É que quando eram pequenos, sempre tentavam enganar as pessoas com esse tipo de truque.
Yusuke: Eles faziam isso desde pirralhos...
Kaname: Quando estavam entediados, eles então fingiam ser um ao outro para ver se enganavam as pessoas. Quando crescemos, soube que era uma mentira. Desta vez eles o fizeram muito bem, por isso eu acreditei neles até a metade.
Tsubaki: É que somos profissionais!
Kaname: É porque A-chan também participou. Agora que são adultos, deveriam deixar essas coisas de criança de lado.
Yusuke (envergonhado):  A propósito... Vocês realmente fizeram “aquilo”?
Azusa: “Aquilo”?
Yusuke: Vocês sabem.... Com “aquilo” eu me refiro ao... be... be... beijo de Azu-nii e Tsuba-nii.
Azusa: Beijo? Ah, na verdade...
Tsubaki: É um se-gre-do!
Yusuke: Por que isso?!
Tsubaki: Olha como você está envergonhado!

(Tsubaki & Azusa se manifestam ao mesmo tempo).

Tsubaki: Yusuke, se você quer saber o que aconteceu, deixe-me te dar um beijo.
Azusa: Kana-nii, você descobriu que era uma mentira, mas.... Quando você soube disso, exatamente?

(Yusuke responde a Tsubaki).
Yusuke: Claro que não! Ainda mais aqui!

(...)
Kaname: Foi quando eu recebi a mensagem da imouto-chan que suas verdadeiras personalidades se revelaram. Vocês dois sabiam que quando ela voltasse de seu trabalho e os visse assim, ela perderia a cabeça e não queriam preocupá-la.
Azusa: Ah, então foi por isso.
Rui/Louis: A propósito... O que dizia a mensagem da “Chi-chan”?
Kaname: Ah... Ainda não li.

(Barulho de celular)

Kaname: Vejamos. “Pessoal, preparei panquecas esta manhã. Se estiverem com fome, coloquem-nas no micro-ondas e comam-nas. O xarope está na geladeira. E, lembrem-se: são para todos! ”.
Ah, que lindo! Vou guardá-la.  

(Desliga-se o celular).

Yusuke (animado): Panquecas! Então era isso. Vamos comer, vamos!

(Azusa & Tsubaki não dizem nada).
Rui/Louis: Tsubaki nii-san, Azusa nii-san, onde vocês vão?
Tsubaki: Rui, shhh!
Yusuke: Por acaso vocês...!

(...)
Yusuke: Ah! Não estão aqui! As panquecas não estão aqui! Alguém comeu todas elas!
Tsubaki: Talvez estivessem deliciosas demais.... Não sabemos de nada! Vamos escapar. Azusa!

(Ouvem-se passos).

Azusa: Assim são as coisas. Desculpe.

(Ouvem-se passos, de alguém correndo).
Yusuke: Malditos! Nada de “desculpe”!

(Os passos de corrida continuam).

Rui/Louis: Então.... Tudo até agora eram mentiras?
Yusuke: Hey! Esperem aí!
Kaname: Realmente.... Mesmo sendo adultos, eles ainda têm mentalidade de criança!

(Fim da faixa).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Maratona] Good Morning Call: Our Campus Days – Saiba tudo sobre a segunda temporada deste dorama tão especial

Título: Good Morning Call – Our Campus Days Também conhecido como: Good Morning Call – Segunda Temporada Baseado no mangá de mesmo nome, da autora Takasuka Yue Número de episódios: 10, com média de 45 a 50 minutos de duração Tipo: Live-Action. Gênero: Shoujo, Drama, Romance, Comédia & Escolar País: Japão Onde assistir: Netflix 
1.Introdução e comparativo com a primeira temporada. Desde o ano passado eu estava à espera da segunda temporada de Good Morning Call, e finalmente maratonei 10 episódios de um dia para o outro. A trama me prendeu completamente, e se comparado com a primeira temporada, acho que nesta segunda houve mais profundidade em relação aos sentimentos dos protagonistas e o envolvimento com os demais personagens. Quanto ao triângulo amoroso, esta é outra diferença entre as duas temporadas: na primeira, o triângulo amoroso envolvendo Nao era bem mais evidente, uma vez que o sentimento de Daichi pela menina era algo que cresceu durante anos através da convivência que tinham.…

Happy Marriage (Episódios Legendados)

Gente, para quem esperou (um bom tempo) aqui está a lista de episódios de Happy Marriage:
Happy Marriage Episódio 1 

[Resenha] Ice Fantasy ❅

Assisti a esse C-Drama há algum tempo, e hoje eu finalmente vou fazer a resenha desta história fascinante. Com um enredo cativante e personagens marcantes, é uma adaptação da obra "City of Fantasy" do autor Guo Jing Min. 

A história gira em torno de dois irmãos: Ka Suo (Feng Shao Feng) & Ying Kong Shi (Ma Tian Yu), ambos os herdeiros do Clã de Gelo. Eles sempre foram muito próximos e tinham uma relação extremamente forte de cumplicidade, amizade, amor e fraternidade, que ao longo dos anos foi se intensificando.

O detalhe é que, desde criança, Shi era incapaz de conjurar encantamentos de gelo. Isso causava estranheza por parte da família Real, que lhe menosprezava por conta disso, exceto Ka Suo, que sempre o compreendia e ficava ao seu lado para o que fosse.

Durante a trama, aos poucos o mistério que esconde a real identidade de Ying Kong Shi começa a se revelar, e os fatos não são nem um pouco agradável. A verdade por trás disso é temida principalmente pela mãe de Shi,…